A integridade do produto é crítica.

Devem ser utilizados equipamentos para produtos químicos e não para derivados de petróleo ou água, e todos os materiais em contato com o ARLA devem ser compatíveis.